Coisas a se ter em conta sobre circulação de trânsito na Espanha

Se você pretende viajar de carro para Espanha, ou alugar lá, aconselhamos que dedique alguns minutos de leitura neste post e conheça o mais importante sobre a circulação do trânsito e as multas mais comuns entre os turistas.
5 de março de 2019
Circulação de trânsito na Espanha: Tudo que precisa saber se for viajar de carro
Circulação de trânsito na Espanha: Tudo que precisa saber se for viajar de carro

As multas mais comuns entre os turistas portugueses na Espanha são por excesso de velocidade e estacionamento em locais proibidos, ou por excesso de tempo em zonas de parquímetros. Aqui estão algumas dicas importantes sobre a circulação de tráfego na Espanha para que você não cometa o mesmo erro.

Requisitos mínimos para dirigir na España

A idade mínima para dirigir na España é 18 anos, porém, a idade mínima para alugar um carro na Espanha é 21 anos (a idade pode variar de acordo com a categoria do veículo) e a carteira de motorista deve ter pelo menos 1 ano de antiguidade. Os condutores com menos de 25 anos de idade, em alguns casos, terão de pagar uma taxa adicional por se considerarem condutores novatos.

Os cintos de segurança são obrigatórios e as cadeiras para crianças até aos 3 anos de idade também. As crianças com menos de 12 anos não podem circular no banco da frente.

Limites de velocidade: Estradas, rodovias e auto-estradas

Nas estradas convencionais, os limites são de 90 km/h (automóveis de passageiros, motociclos e autocarros) e 80 km/h (outros veículos), enquanto nas rodovias e auto-estradas existem três limites: automóveis de passageiros e motociclos (120 km/h), camiões e camionetas (90 km/h) e o resto dos veículos, incluindo autocarros (100 km/h).

Excepcionalmente, nas estradas convencionais, com separação física dos dois sentidos de tráfego, o titular da estrada pode fixar um limite máximo de 100 km/h para os automóveis de passageiros e motociclos.

Respeite os limites de velocidade, sua vida vale muito mais que a multa!

Multas por exceso de velocidade:

  • 100 € - A partir de 35 km/h de excesso de velocidade quando a velocidade máxima permitida é de 10 km/h ou até 40 km/h de excesso de velocidade em trechos em que a velocidade máxima permitida é de 80 km/h.

  • 300 € - A partir de 45 km/h de excesso de velocidade quando a velocidade máxima permitida é de 10 km/h ou até 55 km/h de excesso de velocidade em trechos em que a velocidade máxima permitida é de 80 km/h.

  • 400 € - A partir de 75 km/h de excesso de velocidade quando a velocidade máxima permitida é de 10 km/h ou até 65 km/h de excesso de velocidade em trechos em que o máximo permitido é de 80 km/h.

  • 500 € - A partir de 66 km/h de excesso de velocidade quando o máximo permitido é de 10 km/h ou de 64 km/h de excesso de velocidade em trechos em que o máximo permitido é de 80 km/h.

Estacionamento

As principais cidades espanholas, como Barcelona e Madri, têm sistemas de estacionamento regulados, ou seja, vagas de estacionamento localizadas nas zonas centrais pelas quais você tem que pagar.

As áreas de estacionamento regulamentadas são geralmente identificadas por linhas verdes ou azuis marcadas no chão e um parquímetro na calçada onde o bilhete é retirado.

Parquímetros: Tudo que precisa saber

  • Zona Azul - As zonas azuis são apenas para visitantes, e o limite de tempo varia de acordo com a cidade.

As zonas azuis mais caras da Espanha são as de Barcelona, em Ciutat Vella e Eixample, seguidas de Palma de Mallorca, Bilbão e Madrid. O preço varia entre 1,10 euros/hora até 2,50 euros/hora.

  • Zona Amarela - As áreas verdes para os residentes não são limitadas no tempo. Na maioria das cidades, não-residentes podem estacionar com restrições de tempo, dependendo da cidade (aprox. 2 horas).

Estacionar em zonas verdes para não-residentes é um pouco mais caro em geral, os preços em Barcelona e Madrid são entre 2,50 - 3,00 euros / hora. Por outro lado, temos cidades como Oviedo, Sevilha e Granada, onde o preço do parquímetro é de 0,60 euros / hora.

  • Zona Laranja - Seu limite de tempo varia de acordo com a cidade e seu objetivo é permitir estacionamento para os residentes nas áreas mais carentes de vagas. Dependendo da cidade, o estacionamento é permitido a visitantes e residentes ou apenas a residentes.

  • Zonas Restringidas - A.P.R., Áreas de Propriedade Residencial, são zonas de onde o tráfego e o estacionamento estão restringidos a condições e horários especiais. A mais importante é A.P.R Madrid Central, para acessar essa área da cidade é necessário possuir a etiqueta meio ambiental adequada, ter um convite de residentes ou fazer uma reserva de estacionamento dentro da zona A.P.R Madrid Central.

Na maioria das cidades, o estacionamento regulado está disponível de segunda a sexta-feira, das 08:00 às 21:00, bem como aos sábados de manhã. Embora esta regra varie de cidade para cidade, por isso é aconselhável descobrir que dias e horários você tem que pagar para estacionar.

Multas de estacionamento

Tanto as multas leves (100 euros) como as pesadas (200 euros) podem ser reduzidas para metade se forem pagas na hora. O pagamento pode ser feito através de agências bancárias, por telefone, Sede de Tráfego e Online.

Nosso conselho:

Cada cidade tem suas próprias peculiaridades de circulação de trânsito e restrições, aconselhamos que planeje bem sua viagem para evitar despesas desnecessárias, multas e transtornos.